16.8.12

Portugal sem fogos

Ontem a Selecção entrou em campo com umas t-shirts a dizer “Portugal sem fogos depende de todos”.
É bom que se façam campanhas de sensibilização , e que as melhorem porque os resultados das anteriores são muito questionáveis . O problema é que a ameaça dos incêndios não se resolve  com campanhas , a menos que sejam campanhas militares ou agrícolas , quer-me parecer. Militares no sentido de fazer da prevenção , vigilância e combate aos incêndios florestais a primeira e principal actividade do Exército e da Força Aérea , e agrícolas no sentido de ligar , limpar e explorar os matos , baldios e florestas. Isso é virtualmente impossível , pelo que é um assunto daqueles tristes , no outro dia ouvi que morreram queimadas 100 ovelhas em Chaves e até se me apertou o coração.
Gostava de saber quanto é que pagaram ao génio que inventou o slogan que os futebolistas traziam , e se alguém acha mesmo que Portugal sem fogos depende de todos , porque não depende. Expliquem-me como é que depende , por exemplo, do meu sobrinho que vive em Telheiras e as árvores que vê estão implantadas em betão e calçada , e como a maior parte dos Portugueses vive muito longe do interior , raramente vê uma floresta , nunca faria nada que remotamente arriscasse causar um incêndio . A menos que estejam a fazer conta de mobilizar a população em geral para a limpeza dos matos e combate aos fogos à mão , ou fazer um peditório nacional para os Bombeiros , não sei como é que “depende de todos”. Quando  depende de todos a responsabilidade é de todos...e neste caso não é.
Nunca se pode controlar o calor , o vento ou um louco com uma lata de gasolina mas estou convencido de que podia bem ser diferente. Portugal sem fogos depende de políticas lúcidas de ordenamento do território e sua fiscalização ; depende da organização e comunicação entre as entidades que lidam com os incêndios , da utilização racional dos meios e depende do investimento e cuidado dos proprietários das florestas . É de quem manda e trabalha nestas coisas concretas que depende um Portugal sem fogos , e é deles a responsabilidade deste Portugal com tantos.Não queiram fazer crer que a culpa dos incêndios é de todos , e que depende de todos acabar com eles.
Aproveito para deixar a minha homenagem e apoio , que vale o que vale , aos Bombeiros , especialmente os voluntários , que apesar de por vezes mal comandados , equipados e coordenados dão sempre tudo e mais alguma coisa para impedir que a calamidade seja maior.

Sem comentários: