13.12.12

Vende-se , cão

Já é o segundo dia seguido que o avião não vem , e tenho um amigo no Faial à espera de embarcar , com uma cadelinha que foi buscar à Bélgica , raça Pastor Belga  Malinois , como outro que ele teve e que foi o cão mais espectacular que vi na vida , ao vivo ou no cinema .
Por uma conjunção de razões infelizes esse cão teve que ser abatido , o que partiu o coração desse meu amigo , chegou a dizer-me que já não conseguia nem queria ter cão nenhum depois daquele. Depois ajudou-me a treinar o Rofe (que se não é completamente obediente é só por minha culpa ) e depois não resistiu e acabou por arranjar um cachorro Fila esse aí  na foto , chamado Vende-se , que  foi comprado ( e assim salvo de ser arrumado com o resto da ninhada) para passar lá em casa o ano , para o educar e para ser vendido depois , quando ele ia poder ir buscar o cão que ele quer mesmo.  Então vem aí a cadelinha de raça pura e linhagem de campeã  e o Vende-se já tem casa nova . Aposto que foi o Fila melhor tratado desta ilha neste ano , e quando nos encontrámos para o novo dono o ir buscar o Vende-se saiu do carro à voz do dono , foi ao lado dele sem trela até ao carro do novo dono , sentou-se e depois saltou lá para dentro quando foi mandado , mas não acho que o novo dono soube apreciar o momento , nunca teve cães na vida e tem pragas de gatos .O Vende-se  vai passar a viver preso  , mas como o novo dono é alemão tem direito a 3 metros de corrente em vez do metro e meio mais comum aqui . Achei piada porque ele não vai mudar o nome do cão, fica Vende-se .

Não sei se há muita gente que pensa que as raças de cães são todas mais ou menos equivalentes em termos de inteligência  , mas não são . Um Galgo Afegão é extremamente estúpido  , o Fila de S.Miguel não é nenhuma águia , o Labrador é esperto que chegue e o Border Collie consegue reconhecer 200 palavras   . Os rafeiros podem ter qualquer dos extremos de inteligência , e todas as gradações intermédias . Um pouco  como nos humanos , um cão pode ser “geneticamente inteligente” mas se não puder exercitar essa inteligência não a desenvolve sozinho . Não se vai ao criador comprar um cão que conhece o nome de 50 coisas tal como não se vai buscar um cão que sabe juntar ovelhas , correr 2kms para ir buscar um pato e trazê-lo inteiro , encontrar explosivos ou  droga  em bagagens ou encontrar pessoas feridas em ruínas , criam-se cães que podem fazer estas coisas .
O Labrador consegue nadar mais e mais tempo que o Malinois , mas não é capaz de guardar um objecto , sítio ou pessoa indefinidamente como o Malinois , por exemplo. Os Rotweillers são bons não só para impôr respeito como para busca e salvamento de pessoas em ruínas , mais pela sua brutidade do que pelo faro apurado. A agilidade  dos Podengos torna-os quase imbatíveis na caça aos coelhos , bicho que  que aqui é uma infestação . Nos cães pequenos não há grande utilidade além da companhia e alarme , e já são duas tarefas muito importantes , mas para mim um cão tem o tamanho certo quando lhe podemos fazer festas de pé .

Respeito muito as pessoas que dão tempo e energia à defesa dos animais , para além do activismo na internet , aquelas pessoas que são voluntárias e vão mesmo lá ajudar onde é preciso e contribuem , e apoio as campanhas para que as famílias não dêem cachorros de raça aos filhos e que mesmo os adultos pensem 3 vezes antes de comprar um cão. Aliás , pensar 3 vezes antes é , em geral, um bom conselho .
Se os meninos querem mesmo um cão , vão a um abrigo e tragam um , poupam uma data de dinheiro e não alimentam a criação de cachorros “giros” para vender que é uma coisa às vezes  bastante má . Se a criança quer tanto o cão não lhe vai fazer mal absolutamente nenhum esperar uns anos , nem que sejam uns 30 como no meu caso , até haver as condições para ter um cão , é muito melhor para toda a gente e para o cão.

Sem comentários: