21.1.13

O Professor Martelo

Uma capacidade intelectual impressionante não é garantia nenhuma de valor real e acção correspondente , e já há muito tempo, desde o tempo em que via televisão, que me perguntava porque raio é que se  dá  tanta atenção ao prof . Rebelo de Sousa . É o maior especialista em generalidades que temos , já não têm conta as vezes que as análises saíram furadas , mas não há ninguém a fazer essa contabilidade , não só a dele mas de  outros semelhantes. 

Da wikipedia :  aderiu ao Partido Social Democrata após a sua fundação, em 1974. Foi presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa (1975-1977) e chegou a presidente da Comissão Política Nacional (1996-1999). Também no PSD liderou a Ala Nova Esperança (1983-1985) e foi um dos promotores da adesão ao Partido Popular Europeu (1996). Foi deputado à Assembleia Constituinte (1975-1976), presidente da Assembleia Municipal de Cascais (1979-1982), membro do VIII Governo Constitucional (primeiro como secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, depois como ministro para os Assuntos Parlamentares), cabeça de lista à Câmara Municipal de Lisboa, eleito vereador (1990-1993), presidente da Assembleia Municipal de Celorico de Basto (1997-2009), deputado ao Parlamento Europeu e vice-presidente do PPE (1997-1999), membro do Conselho de Estado, entre 2000 e 2001 e, novamente, a partir de 2006.

Não vejo nesta carreira política  nenhum cargo executivo ou de responsabilidade decisiva e efectiva. Liderar tendências e órgãos consultivos nunca resolveu nenhum problema concreto , muito menos ser comentador e jornalista , ou seja , acho que será preciso um grande esforço para encontrar uma contribuição real , efectiva  , duradoura  e relevante para o País saída do cérebro prodigioso e produtivo do Professor. Apesar disso , o homem não se coíbe de dar lições e recomendações  a tudo e todos , com aquele tom frenético e profundamente irritante que foi satirizado brilhantemente pelos Gato Fedorento  e pelo Portugalex com regularidade. 

Falo sobre ele aqui porque por alguma razão estúpida a Antena 1  acha bem repescar o que o homem diz no domingo anterior , e esta manhã soube que um dos mil temas escolhidos pelo Professor para nos esclarecer e  edificar foram as perspectivas das eleições autárquicas no Porto. 
As eleições são daqui a 9 meses , o País está afogado em problemas de urgência extrema mas o que se lhe ofereceu comentar foram as implicações prováveis ( que ele conhece , claro) das eleições para a câmara do Porto em Outubro. 
Ainda por cima soube por aqui que o homem disse ontem  que falou ao telefone com o dr Soares ( como se isso interessasse a alguém ou nesta altura o estado de saúde do dr.Soares fosse importante para alguém além da sua família e amigos )  . Mas acontece que afinal não falou nada. É mentira , segundo o Soares mais novo , pelo que o Professor não só oferece as suas opiniões frenéticas a torto e a direito com ou sem oportunidade como se for preciso mente para se fazer mais importante. 

Era mais do que  altura de o homem se candidatar a alguma coisa e pôr as mãos à obra pelo país  ou calar-se um bocadinho.

PS : Afinal o Prof Marcelo falou mesmo com o Dr.Soares   
Assim são as pessoas levadas a injuriar outras . Mais uma vez regozijo-me pela minha insignificância , faço ideia do que não vai pelas esfera da  maledicência institucional , lamento ter chamado mentiroso ao homem . E nunca mais me perdoo por entre uma declaração do Marcelo e uma do João Soares eu ter acreditado no Soares. Imbecil.


2 comentários:

António Matos disse...

Epa, não vejo TV há 1 mês, mas estou mesmo a imaginar o craque...rsrsr

Imagino que se estivesse a referir à candidatura do L.F: Menezes, outro craque! O A.J.Jardim do norte, anunciou (sem dar cavaco ao PSD) que seria candidato do PSD à CM do Porto! Ainda sem sequer saber se se pode candidatar legalmente! E começou logo em grande, com valentes populismos: vai unir Porto e Gaia para gerar a maior cidade do país e ter poder reivindicativo, e por os meninos todos a aprender chinês e ir À opera 1 x por semana!

É uma comédia.Aposto que vai ganhar as eleições...

Jorge Ventura disse...

Olha , unir Porto e Gaia, ora aí está uma ideia que tem tudo para dar certo ,será que já tem nome para a nova metrópole ? Uma coisa é certa , criavam-se uma boas dezenas de cargos e "lugares" , só em gabinetes para elaborar a proposta vai haver milhões a facturar.
Vi a notícia no Publico , acho piada quando um candidato a presidente de câmara vem dizer que "quer pôr as crianças a aprender" seja o que for.